Desde 1990 que a Coreia do Sul quase dobrou o consumo de café per capita, e desde então tem sido explorado a arte com o café.

O empregado de mesa Lee Kang-Bin é pioneiro em “CreamArt“, que consiste em fazer desenhos na camada de leite cozido no vapor que fica no topo do café. Rapidamente ficou conhecido quando decidiu abrir uma conta de instragram: (@leekangbin91) que já conta com algumas centenas de milhares de seguidores. Mais tarde criou um canal de youtube, onde publica algumas das suas criações passo-a-passo (KangBin LEE).

Estas criações do Sr. Kang-bin incluem pinturas famosas em miniatura, como o “The Starry Night” de Vincent Van Gogh e “The Scream” de Edvard Munch, entre outros.

Mas deixo-vos alguns dos seus trabalhos para poderem apreciar:

O Sr. Kang-bin prepara café desde os 17 anos. Ao completar o serviço militar obrigatório, decidiu comprar a sua própria máquina e abrir um café para outros soldados no seu campo.

O Sr. Kang-Bin impregna cuidadosamente as suas belas criações na camada espumosa no topo do café usando uma paleta de corantes alimentares para tingir o creme.

Ele demora cerca de 15 minutos para fazer esta arte tão delicada, e cada chávena é vendida por 7,5€ (aproximadamente 28 reais) no café “Café C. Through” em Seul.

Os desenhos que mais se vendem são os da Disney, Banbi, Winnie the Pooh, uma vez que as crianças deliram com estas criações.

Kang-Bin acrescenta: “Uma vez eu desenhei The Starry Night e parecia tão real como a famosa pintura colocada em cima do café. Depois disso, muitas pessoas me pediram esse café”. 

Apesar de nunca ter aprendido formalmente a desenhar, os seus projectos renderam-lhe um assento de juiz em competições de Arte Latte à volta do mundo.

Incrível como pode surgir arte de coisas tão simples como tirar uma café. Quando fazemos aquilo que realmente gostamos conseguimos transformar isso em arte.

Imagens e imagem de destaque: leekangbin91, Instagram

PORleekangbin91
Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM