Quando dois pessoas estão destinadas uma à outra, não existe nada no Mundo que as separe, e foi precisamente isso que aconteceu com Cameron e Emily, um casal que provou a todos que o seu amor é mais forte do que todas as dificuldades que a vida lhes pregou.

Aos quatro anos de idade, uma grande coincidência fez com que Cameron e Emily se conhecessem no hospital ao terem de ser operados devido à mesma doença – extrofia da bexiga, que consiste na malformação da bexiga, ficando arqueada para fora, acima dos órgãos sexuais.

Apesar de serem de estados diferentes dos EUA (Cameron era de Ohio e Emily de Wisconsin), a amizade manteve-se e, por incrível que pareça, quando passaram para o ensino médio, começaram a namorar.

Na altura ninguém acreditou muito na relação de ambos, já que estavam tão distantes um do outro, mas eles não quiseram saber e mantiveram-se fiéis e leais um ou outro, provando a todos que estavam errados quando em 2012, Cameron tomou coragem e decidiu pedir a mão de Emily em casamento.

A cerimónia realizou-se em 2015, ou seja, 20 anos depois de se terem conhecido, no entanto, em Outubro de 2016, algo aconteceu!

Com a menstruação atrasada por duas semanas, Emily decidiu fazer um teste de gravidez e descobriu que estava grávida. Apesar da imensa alegria que sentiam, uma enorme preocupação começou a ocupar as suas mentes: “E se o bebé sofresse da mesma doença de ambos?”

A ansiedade pela resposta a esta pergunta não podia ser maior, até que finalmente no ultrassom de rotina durante a 21ª semana de gravidez eles puderam saber! Durante o exame, o médico observou o bebé e mostrou-lhes o que seria a sua bexiga, confirmando que este não havia “herdado” a doença dos pais e que seria um bebé perfeitamente saudável – ou neste caso, UMA bebé, já que no dia 23 de maio de 2017, Emily deu à luz a adorável Everleigh Grace, provando mais uma vez que o amor de ambos é capaz de superar tudo e todos!

Uma verdadeira história de amor que foi partilhada por Emily através da página do Facebook “Love What Matters” e que acabou por se tornar viral com mais de 14 mil gostos.

"My husband and I met at four years-old at Johns Hopkins Hospital in Baltimore, Maryland; scheduled to have the same…

Posted by Love What Matters on Monday, November 20, 2017

Como se costuma dizer: “Há males que vêm por bem!” e apesar de ter sido uma doença que os juntou, o amor acabou por falar mais alto!

Fonte: LittleThings

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM