Se existe algo a que ninguém sobrevive é à morte, daí a ideia de envelhecermos assustar muita gente! No entanto, é algo inevitável, por isso só temos que aceitar e tentar aproveitar a vida ao máximo.

Felizmente, por muitas rugas e cabelos brancos que nos possam aparecer, a nossa essência mantém-se sempre a mesma, e por muito que envelheçamos por fora, a nossa identidade permanece sempre igual, e é exactamente isso que o fotógrafo Jan Langer tenta mostrar numa série de retratos ao qual deu o nome de “Faces Of Century” (“Rostos do Século”).

Para este projecto, Jan fotografou alguns cenários checos e comparou as suas fotografias com as de quando eram jovens, afirmando que “Este conjunto de fotos comparativas explora as semelhanças e as diferenças de aparência e de fisionomia, as características da mudança de personalidade ao longo da vida, mas parece como se a natureza individual permanece enraizada no abismo do tempo!”

Vê só o resultado desta magnifico trabalho:

1. Anna Vašinová

2. Ludvík Chybík

3. Vincenc Jetelina

4. Ludmila Vysloužilová

5. Stanislav Spáčil

6. Anna Pochobradská

7. Prokop Vejdělek

8. Bedřiška Köhlerová

9. Antonín Baldrman

10. Vlasta Čížková

11. Antonín Kovář

12. Marie Burešová

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM