Depois de te darmos a conhecer Cassie de Pecol, a primeira mulher a visitar os 196 países no menor espaço de tempo depois de uma viagem que demorou 18 meses, desta vez falamos de Gunnar Garfos, o homem que também já visitou todos os países do Mundo e lançou um livro a contar esta experiência absolutamente fenomenal intitulado “198: How I Ran Out of Countries” (“198:Como Eu Fiquei Sem Países”).

Depois de aos 17 anos ter visitado 11 países da Europa a bordo de um comboio sem os seus pais, Gunnar acabou por ganhar o gosto pelas viagens, dando assim inicio a este seu “vicio”.

No seu livro, Gunnar faz um top 12 dos melhores países a visitar de acordo com a sua experiência:

  • Romênia:

‘A Transilvânia terra do Drácula é conhecida por muitos castelos e montanhas, vais ficar maravilhado. Não deixes de aproveitar as festas na capital Bucareste’

  • Noruega:

‘Ok, sou suspeito de falar, se ainda não visitaste o norte do pais, não sabes como o cenário é lindo”

  • Dominica:

‘Mais pessoas deviam visitar esta ilha menos conhecida do Caribe’.

  • Vietnã:

‘A definição de ‘amigável’ pertence a esse lugar’.

  • Uruguai:

‘Não dá pra entender como o segundo menor pais da América do Sul ainda é desconhecido de muitos’.

  • Serra Leoa:

‘Apesar deste paraíso não fazer parte dos sonhos de viagem de ninguém, se desejas sair da tua zona de conforto, deverias incluí-la nos teus planos’.

  • Quirguistão:

‘Lugar de natureza fantástica, pessoas bem simpáticas e comércio colorido, eles têm medo que sejas um piloto americano querendo conquistar as suas namoradas’.

  • Nova Zelândia:

‘Aproveita as variadas praias de areias brancas, pretas ou até mesmo douradas, e conhece todo tipo de atividade aquática que desconheces ainda’.

  • Nicarágua:

‘Entre a Costa Rica e Honduras, é um país de muita diversidade. Onde é possível encontrar lugares perfeitos para surfistas, vais-te surpreender com a natureza e com a prática de mergulho’.

  • Madagascar:

‘Vais ficar de boca aberta com os lêmures e os baobás da costa’.

  • Kiribati:

‘Como deve ser o paraíso. Sem muito luxo, mas os frutos do mar são maravilhosos e vais ser recebido pelos locais muitos hospitaleiros que vão compensar’.

  • Islândia:

‘Aproveita para trazer a tua roupa de banho e relaxar nas piscina naturais com temperaturas de até 40ºC ao mesmo tempo que o teu cabelo congela coberto de neve. É indescritível’

Até ficaste com vontade de fazer as malas e sair porta fora para apanhar o próximo avião, não?

Partilhar é cuidar!

VÊ TAMBÉM